LBR iiwa de mãos dadas com o operário de linha de montagem

Para a colagem automatizada na montagem final da indústria automotiva a Dürr AG desenvolveu células de robô com robôs de construção leve sensitivos LBR iiwa da KUKA, que têm capacidade de colaboração homem-robô. Eles ajudam a elevar a qualidade da colagem, entre outros, da capa da antena GPS e tanques na carroceria, economizar tempo e baixar os custos unitários.

20 de abril de 2017

Costura adesiva precisa graças ao sétimo eixo do LBR iiwa

Para a colagem de tanque automatizada na montagem final, o trabalhador qualificado leva o tanque a uma mesa giratória, com a ajuda de um manipulador, e o entrega diretamente ao robô para a continuidade de processamento. O LBR iiwa aplica a costura adesiva com grande uniformidade ao tanque e monitora a altura precisa da costura através de sensores no cabeçote aplicador. Quando o robô de construção leve sensitivo tiver terminado o seu trabalho, o trabalhador qualificado encaixa o tanque na posição especificada na carroceria do veículo.

O LBR iiwa detecta qualquer falha na inserção da capa da antena GPS

Na colagem da capa da antena GPS, o operário coloca a peça manualmente na garra do robô, que a aspira e a leva ao bico de colagem na torre de aplicação. O LBR iiwa aproxima a capa da antena GPS cuidadosamente por baixo até o bico de colagem. Ali inicia o processo de colagem e o cordão de cola é aplicado cuidadosamente, enquanto o robô percorre a trajetória. Em seguida, o operário retira novamente a capa da antena GPS do ponto de partida e a instala no veículo.

Veja no vídeo como dois KUKA LBR iiwa apoiam o operário de forma precisa e segura na colagem na montagem final.

Nós utilizamos cookies para oferecer a você o melhor serviço online. Saiba mais.

Ok