KUKA Medical Robotics: Parceiros e referências

A robótica médica é uma área interdisciplinar bastante exigente. Através do trabalho conjunto com parceiros e integradores fortes, a KUKA ajuda a criar a sala de cirurgia do futuro.

Swisslog Healthcare: Robôs médicos revolucionam os procedimentos de imagens de raio-x

Com o ARTIS pheno, a Siemens trouxe ao mercado um novo sistema de angiografia auxiliado por robô, que substitui seu antecessor de sucesso, o Artis zeego. A peça robótica central do sistema de raio-x é um robô QUANTEC da KUKA, com sua tecnologia KR C4, adaptada e ampliada para o uso clínico pela equipe da KUKA Medical Robotics nos últimos dez anos.

O Siemens ARTIS pheno possibilita um exame de raio-x rápido e preciso para vaso sanguíneos, através de um arco de raio-x em C que se movimenta automaticamente em torno do paciente. A área do corpo focada pode ser representada imageticamente a partir de praticamente qualquer posição, sem mover o paciente. Se for necessário interromper o exame, uma função de memória permite o retorno exato à mesma posição posteriormente. Isso possibilita o controle dos resultados durante a intervenção.

Futuramente, o ARTIS pheno será utilizado no mundo inteiro para a realização de cirurgias minimamente invasivas, radiologia intervencional e cardiologia.

Graças à tecnologia da KUKA, o Siemens ARTIS pheno alcança uma nova dimensão na área de raio-x (© Siemens Healthcare GmbH)

Accuray: Radioterapia guiada por robô

Desde 2000, a KUKA trabalha em conjunto com a Accuray. Dessa parceria surgiu o primeiro sistema de radiocirurgia comercialmente disponível. Desde então, o sistema CyberKnife é utilizado pelos principais centros de radioterapia do mundo, para tratamento de tumores de alta precisão.

Ao invés de bisturi, é utilizado um raio-x colimado de alta energia. Este é movimentado ao redor do paciente deitado, para que a dose de radiação se concentre no tumor. Um sistema de imagens detecta por estereotaxia a posição do tumor e transmite os movimentos ao robô, que atua de forma a compensar os mesmos. Assim, o CyberKnife é capaz de atingir tumores com precisão e proteger o tecido saudável ao redor, independente de onde o tumor se encontrar no corpo.

Durante o tratamento com a CyberKnife, o paciente se encontra sobre um leito que também é acionado roboticamente. Um sistema de imagens digital detecta por estereotaxia a posição do tumor e transmite quaisquer movimentos (por exemplo devido à respiração do paciente) ao robô, que atua de forma a compensar os mesmos. Isso leva a uma incrível precisão e qualidade da terapia. Não é necessário que a operação seja realizada em posição estacionária.

Durante o tratamento com a CyberKnife, o paciente deita-se livremente no leito acionado roboticamente

BEC: Posicionamento do paciente com robôs da KUKA

Robôs e componentes da KUKA garantem o posicionamento preciso de pacientes na radioterapia Parceiros de sistema desenvolvem juntamente com a KUKA soluções individuais para o posicionamento preciso de pacientes. A empresa Buck Engineering und Consulting (BEC) desenvolveu para o Centro de Terapia de Íons e Pesquisa MedAustron, em Viena, uma solução robótica para posicionamento de pacientes cuja base é um robô da KUKA. 

Na radioterapia de partículas, o movimento do feixe de alta energia é bastante limitado. Por isso, os pacientes precisam ser movimentados, o que é feito através de uma mesa de cirurgia robótica.

A BEC utiliza robôs da KUKA para o posicionamento exato de pacientes na radioterapia baseada em partículas (© Thomas Kästenbauer)

AOT: Corte ósseo preciso com tecnologia a laser

Apesar dos enormes progressos médicos alcançados nos últimos anos, os cirurgiões continuam recorrendo às serras para cortar ossos. Esse método convencional resulta na aderência de material ósseo solto nas áreas de corte, o que atrasa a cicatrização messas áreas. A empresa suíça AOT quer mudar isso com o projeto CARLO (Cold Ablation Robot-guided Laser Osteotomy): Através de tecnologia a laser fria, o robô da KUKA possibilita que aparelho médico realize no osso, sem qualquer contato, cortes em linha reta, curvados ou em formato de quebra-cabeça. Esse método apresenta inúmeras vantagens para o paciente: a superfície do osso permanece intacta e, após o corte, o osso pode ser perfeitamente reencaixado, reduzindo enormemente o tempo de cicatrização.

Com o cabeçote laser acoplado, o robô de construção leve da KUKA se torna um instrumento de corte sem contato (© AOT)

Nós utilizamos cookies para oferecer a você o melhor serviço online. Saiba mais.

Ok