Escolha a sua localização:

País

Nada como estar ao ar livre!

A temporada de churrasco ao ar livre está aberta. E as cozinhas ao ar livre estão em voga. Em Bissendorf, na Baixa Saxônia, a startup "Burnout.kitchen" revolucionou o prazer em churrasquear e cozinhar ao ar livre, e o tornou resistente a intempéries. Aqui é usado um robô KUKA, que se tornou a "estrela" celebrada na produção.


O genoma humano abrange 19.969 genes. Isso é um fato, desde que os cientistas em maio de 2021 decifraram o esquema de construção do homem e a característica do seu DNA. Qual desses genes leva o homem a churrasquear e fritar ao ar livre, ainda precisa ser decifrado. Que existe uma disposição genética para isso é evidente não apenas para pesquisadores culturais e historiadores. Há mais de 300.000 anos o Homo sapiens deixou comprovadamente testemunhos no mundo todo do preparo de comida sobre o fogo e carvão. Os mais recentes vestígios nos levam a Bissendorf na localidade de Osnabrück. Aqui a startup está instalada, e desenvolve e produz sob o nome evocativo Burnout.kitchen.

A startup "Burnout.kitchen" revoluciona o prazer em churrasquear e cozinhar

Um mix de indústria e manufatura: um robô KUKA é a "estrela" da produção

Louco para churrasquear

Os fundadores Thomas Pabst e Daniel Joachimmeyer, ambos exímios marceneiros e conhecedores de madeira, atuando, sobretudo, de forma bem-sucedida no negócio mobiliário, não conseguiram resistir ao chamado da sua natureza interior: "Nós nos aborrecemos. Porque queremos churrasquear a qualquer hora. Com qualquer tempo. Em qualquer estação do ano. Mas nenhuma churrasqueira, nenhuma cozinha ao ar livre nos possibilitou isso. Em uma qualidade que desejamos e a um preço que queremos pagar."

Churrasquear ao ar livre: a equipe da Burnout.kitchen transformou a sua paixão em profissão

Indestrutível, resistente a intempéries e estilosa

Instintivamente Pabst e Joachimmeyer sentiram que eles não eram os únicos no mundo com este desejo e, assim, deixaram os seus empregos lucrativos para trás e começaram a preencher a sua paixão interior com uma vida construtiva. "Nos ocupamos intensamente com as mais diferentes ideias e materiais, testamos e descartamos, nos encontramos com especialistas e fornecedores, que também se entusiasmam com a ideia de poder churrasquear sempre que desejarem." E o que resultou foi uma cozinha modular ao ar livre para todos os gostos e exigênciascom unidades de refrigeração e lavagem, churrasqueiras a gás, carvão ou também as almejadas churrasqueiras de cerâmica integradas. Tudo isso de forma indestrutível, resistente a intempéries e também super estilosa – 365 dias por ano.

Cozinhas ao ar livre para todos os gostos e exigências: na concepção da cozinha não há limites para o cliente

Da churrasqueira puxada por ciclomotor ao sonho realizado

Tudo isso é apenas uma ideia maluca, o delírio de uns loucos por churrasco? Vale a pena dar uma olhada mais de perto. "Somos da geração dos anos 80", diz Daniel Joachimmeyer. "Antigamente íamos à procura de aventura e diversão com nossos ciclomotores. Um ciclomotor com reboque e uma churrasqueira em cima – sonhávamos com isso. Agora temos a nossa Burnout.kitchen Hercules." Basta de conversa sobre loucura. Contudo, a ideia de negócio Burnout.kitchen dos dois fundadores tomou então um curso empresarial claro, que reúne o atual desenvolvimento de mercado e de produto, incluindo a produção desde a manufatura de itens personalizados até a produção industrial (parcialmente) automatizada. Tudo sob medida e de acordo com o pedido do cliente, suportado por visão empresarial.
Sucesso em toda a linha: com uma perspectiva empreendedora, uma ideia de negócio se transformou em uma empresa com produção automatizada

Construção leve e alta resistência, isso é possível?

No centro das atenções na Burnout.kitchen está um material de construção leve, altamente inovador e indestrutível. "Nós encontramos o material no ramo automotivo. O material de placas Renolit Gorcell tem uma estrutura interna de polipropileno e é absolutamente indestrutível. Suas propriedades o tornam resistente ao vento e à água. O material é resistente a UV e pode ser limpado sem problemas com o limpador de alta pressão. Adicionar um módulo, mesmo depois de anos, não é problema. Isso não funcionaria com madeira", diz Joachimmeyer.
O inovador material de placas Renolit Gorcell é indestrutível e resiste a todas as condições climáticas

O nosso material de construção leve é isento de PVC e totalmente reciclável. Isso é valorizado por nós e nossos clientes. Quem gosta de ambientes externos e lá deseja usar uma cozinha que dura décadas, tem obrigatoriamente uma estreita relação responsável com a sustentabilidade.

Daniel Joachimmeyer, proprietário e fundador da Burnout.kitchen

Automação como porta de entrada para uma produção escalável

Uma produção altamente escalável, que está voltada para outras metas de crescimento, exige um planejamento de máquinas prospectivo e a sua integração em um processo de montagem e logística cadenciado. Isso combina exatamente com o gosto de TI de Thomas Pabst. Para a Burnout.kitchen ele automatizou o recorte das placas e, para isso, conectou o controle do equipamento Homag com o sistema ERP da empresa. "Isso nos dá a liberdade de adaptar a nossa produção de forma dinâmica ao crescimento da empresa", explica Pabst.
Um robô KUKA da série KR IONTEC assume funções de manuseio e a paletização de componentes de série

"Queríamos um robô flexível"

Após o corte vem então o processamento das bordas. Com um bico de ar quente as bordas especiais do laser são soldadas com a placa a 200 graus Celsius na célula de fabricação Homag – tudo totalmente sem cola, à prova d'água e resistente a UV. Para isso, todos os quatro lados de uma placa devem ser passados, em um processo contínuo, na linha de bordas em uma esteira transportadora. "Lá um único colaborador pode processar até 1.000 componentes por turno", calcula Pabst. Aqui ele é assistido por "Emma". Assim foi chamado o mais novo integrante do pessoal na Burnout.kitchen, que ingressou em outubro do ano passado na equipe: um robô KUKA do tipo KR IONTEC. "Queríamos ter um robô flexível que oferecesse, em um pequeno espaço, o maior espaço de trabalho possível na classe de média capacidade de carga", Daniel Joachimmeyer explica o requisito à robótica na célula de fabricação Homag. E isso a custos previsíveis. "Para nós como startup isso não inclui apenas os custos de investimento, mas também os custos operacionais e de manutenção. Assim, o nosso robô "Emma", digo, o KR IONTEC pôde pontuar facilmente aqui."

Manuseio automatizado de placas

No final do processamento de bordas, "Emma" apanha a placa e a coloca na esteira transportadora oposta, onde ela é conduzida de volta ao próximo local de trabalho para a aplicação de bordas, ou no final do processo, carregada no transportador para a montagem final. Além disso, o KUKA KR IONTEC é usado para a paletização de componentes de série com a mesma dimensão e grande quantidade de unidades. "Sem o uso do robô não teríamos como abrigar esta instalação em nosso pavilhão de produção", diz Pabst. Não havia espaço suficiente para um sistema transportador de rolos contínuo integrado. "Além disso, a transferência com a 'mão do robô' minimiza as cargas estáticas do material, que inevitavelmente se estabelecem através da mudança de direção dos rolos, e facilmente proporcionam sujeira nas placas através de aparas e pó."
Com uma garra de sucção o KR IONTEC posiciona as placas de material leve de forma precisa e rápida

Todos são fãs do Emma

Mas qual é o significado de "Emma"? Daniel Joachimmeyer desvenda com prazer o mistério: "Todos achavam que um novo colega precisava de um nome. E aí ficamos pensando um pouco. Então a ideia veio do meu filhinho. A sua melhor amiga chama-se Emma. Eles vão juntos à escola e se divertem muito brincando juntos. Emma sempre está a postos, é absolutamente confiável e aplicada. Isso se encaixava perfeitamente. Na empresa todos acham Emma excelente."
O robô KUKA não é apenas a estrela da produção, ele também oferece uma alternativa à escassez de mão de obra

E isso não é apenas a opinião das colaboradoras e colaboradores. "Quando nossos clientes visitam a produção, eles sempre se surpreendem em ver um robô KUKA aqui. Emma é uma verdadeira estrela para eles", alegra-se Joachimmeyer. "Até nós estávamos muito surpresos. O mix de indústria e manufatura, que vivenciamos conscientemente na Burnout.kitchen, é um verdadeiro destaque." Mas tão importante quanto é também o fato da automação oferecer para a jovem empresa uma alternativa para a escassez de mão de obra. "A nossa região abriga o centro da indústria moveleira. Está cada vez mais difícil contratar colaboradores qualificados. E a robótica nos ajuda a aliviar os profissionais de trabalhos monótonos e fisicamente fatigantes, e nos permite colocá-los em funções mais complexas e diversificadas. Este é um ganho para todos", enfatiza o Diretor da Burnout.kitchen.

O KR IONTEC une design compacto com o maior espaço de trabalho da sua categoria, para um aproveitamento otimizado do ambiente com pouca necessidade de espaço

Da terra natal: Do material de construção leve até a produção

Uma produção eficiente e mais personalizada possível faz parte desde o início da identidade da Burnout.kitchen. "Nós desenvolvemos e produzimos na Alemanha. Porque aqui estamos em casa. E porque queremos ver e saber exatamente quais materiais são utilizados para as nossas cozinhas ao ar livre. Um material como aço inoxidável, que é de alta qualidade e resistente. Materiais de cozinha, que são de fácil lavagem e que resistem a qualquer intempérie. Assim como sistemas de gavetas, que foram especialmente desenvolvidos por nós junto com um dos fabricantes líderes, para a aplicação na área externa", explica Daniel Joachimmeyer.


Materiais de cozinha que resistem a qualquer intempérie: são utilizados apenas os melhores materiais como, por exemplo, placas de construção leve e aço inoxidável

Benefício do efeito cocooning

A pandemia foi um tempo difícil e de sobrevivência, especialmente para empresas de pequeno e médio porte. Sobretudo para startups, que ainda precisam desenvolver a sua entrada no mercado. "Nessa época pudemos nos beneficiar do efeito cocooning", diz Thomas Pabst. Em função da ausência de viagens de férias e gastronomia, muitas pessoas deixaram seus lares mais aconchegantes. Ocorreram muitas reformas e investimentos em quintais e suas instalações. As nossas cozinhas ao ar livre encontraram exatamente o seu alvo." Em 2020 ocorreu também a mudança de Bünde para Bissendorf, situado a cerca de 30 quilômetros ao leste. Na área industrial lá existente, um grande fabricante de artigos de jardins de inverno liberou a área e a Burnout.kitchen "herdou", além dos pavilhões de produção, um showroom de 1.800 metros quadrados muito bem iluminado.

Efeito cocooning como propulsor do ramo: justamente para startups e empresas de pequeno e médio porte surgiram possibilidades totalmente novas

O local é um acaso feliz para nós. Aqui podemos unir diretamente o desenvolvimento e a produção, novos produtos inovadores e a experiência especial de cozinhas ao ar livre. O KR IONTEC da KUKA, isto é, Emma, não é apenas a "cara" simpática da nossa produção voltada ao futuro.

Daniel Joachimmeyer, proprietário e fundador da Burnout.kitchen

"Churrasquear está nos nossos genes"

"Através da automação a Burnout.kitchen explora potenciais totalmente novos e possíveis caminhos de crescimento", segundo o fundador. "E é claro que nós também fazemos churrascos. Com clientes e em eventos ou também apenas com os colaboradores. Todo mundo tem a oportunidade de ser o mestre do churrasco", comemora ele. "Todos somos loucos por um churrasco e de curti-lo juntos. E justamente por isso fazemos tudo isso aqui, simplesmente está nos genes."
A equipe da Burnout.kitchen caiu no gosto: "Este certamente não foi o último robô"

Encontre um System Partner KUKA perto de você

Encontre aqui o parceiro apropriado para o seu ramo ou para a sua demanda.

Este site utiliza cookies (mais sobre isso), para lhe oferecer também o melhor serviço online. Se você continuar a usar o nosso site, somente usaremos cookies tecnicamente necessários. Se você clicar em ""OK e descubra a KUKA"", você também concordará com o uso de cookies de marketing. Com um clique em ""Configurações de cookies"" você pode escolher, quais cookies nós usamos.

Configurações de cookies