Robô de pequeno porte KUKA solda em espaço extremamente apertado

Um robô KUKA KR 6 R700 sixx da série KR AGILUS solda com segurança na célula "Welding To Go" (WTG) 1200. A minicélula de robô foi desenvolvida pelo integrador Paul von der Bank GmbH. Ela está em uso desde outubro de 2015 na empresa matriz da Brüninghaus & Drissner GmbH, um parceiro de tecnologia de muitos anos da indústria automotiva.

A menor célula de robô para a solda com gás de proteção

Com as dimensões de um Europalete de 1200x800 mm a célula WTG 1200 é a menor célula de robô do mercado para a solda com gás de proteção. De acordo com os requisitos do cliente, nesta célula é possível usar o robô de pequeno porte ideal da série KR AGILUS. Essa flexibilidade é possibilitada graças ao sistema operacional aberto e o ambiente de programação amplamente expansível.

O design compacto com PLC integrado, interface totalmente programada para fontes de corrente, sequências de fixação e técnica de segurança tornam as nossas minicélulas de robô flexíveis, eficazes e pagáveis.

Cornelia Hornemann, Lançamento de produto, Desenvolvimento de projeto e Planejamento de produção, Paul von der Bank GmbH

O KR AGILUS permite elevadas velocidades de trabalho

Também a Brüninghaus & Drissner GmbH se beneficia dessas vantagens. Em sua célula, por exemplo, um KR 6 R700 sixx, com uma capacidade de carga de 6 kg e um raio de alcance de cerca de 706 mm, executa a sua função. Os robôs da série KR AGILUS são rigorosamente configurados para velocidades de trabalho especialmente elevadas. As portas de correr da WTG 1200 podem ser abertas opcionalmente de forma automática ou manual. Em seguida, o trabalhador posiciona os componentes no dispositivo de solda. Tão logo a porta esteja fechada, o robô de pequeno porte inicia os trabalhos de solda.
Um robô KUKA da série KR AGILUS solda de forma segura em um espaço extremamente apertado na célula WTG 1200 da Paul von der Bank.

A célula de solda de robô aumenta a produtividade e a qualidade

 "A WTG 1200 executa aqui o seu trabalho de forma segura na operação em 3 turnos", explica Markus Nickolai, Gerente de Produção na Brüninghaus & Drissner. Durante a produção automática o colaborador operador tem a possibilidade de já ir preparando manualmente os próximos componentes. Assim a minicélula de robô proporcionou nítidos aumentos de produtividade de até 50 por cento. Mas também foi possível melhorar consideravelmente a qualidade dos cordões de solda graças à precisão de repetição do robô de pequeno porte.

Nós utilizamos cookies para oferecer a você o melhor serviço online. Saiba mais.

OK