O KUKA omniMove move peças pesadas em espaço extremamente limitado para a construção do A380 na Airbus

90 toneladas giradas a partir da sua posição

O carro-chefe da Airbus, o A380, parece mover-se sem esforço pelo ar. Para estar tão perto do céu, na construção do pássaro gigante são usadas plataformas móveis para carga alta, flexíveis e eficazes no piso. Graças às suas rodas Mecanum, o KUKA omniMove pode transportar componentes pesados do avião de até 90 toneladas com precisão milimétrica em espaços extremamente apertados na instalação de produção em Hamburgo. 

A visão é de tirar o fôlego: os colaboradores da instalação de fabricação da Airbus em Hamburgo movem para lá e para cá partes gigantes da fuselagem do A380, com peso de 90 toneladas e 15 metros de comprimento, em um pavilhão do tamanho de um estádio de futebol. Eles mexem as respectivas peças como se fossem peças de Lego sobre uma mesa. Isso se torna possível com o uso da plataforma de transporte móvel KUKA omniMove, um veículo de transporte para cargas altas com rodas Mecanum omnidirecionais.

Este princípio de rodas proporciona uma manobrabilidade irrestrita. No pavilhão onde é fabricado o A380, a Airbus usa há um ano duas das plataformas de transporte móveis, para garantir a cadência de fabricação desejada das partes da fuselagem, que são movidas ao longo da linha de montagem. As plataformas podem ser acopladas para o transporte de componentes grandes. 

As rodas Mecanum permitem máxima manobrabilidade em espaços extremamente limitados

No hangar da Airbus o espaço é limitado pelas diferentes estações de trabalho e as gigantescas partes da fuselagem. A habilidade de girar para outra posição é o principal ponto positivo do KUKA omniMove. As rodas Mecanum omnidirecionais proporcionam sua liberdade de movimento. Estas rodas se movem em qualquer direção e operam com máxima precisão, mesmo com uma carga que pode chegar a 90 toneladas.

A sua diversidade é fruto de um design bem especial: uma roda Mecanum consiste em vários rolos individuais, que estão dispostos respectivamente em ângulo de 45 graus em relação ao eixo. Isso proporciona ao KUKA omniMove uma mobilidade fascinante, que permite à Airbus o uso ideal e eficiente do espaço no pavilhão de produção.  

As rodas Mecanum do KUKA omniMove permitem movimentos em todas as direções.

Manuseio simples, rapidez, segurança e longo tempo de carga das baterias

A Airbus sempre teve requisitos elevados para a escolha de plataformas de transporte. O KUKA omniMove atende muito bem a estes requisitos, sua aplicação é simples, de rápido aprendizado e é controlado de forma muito simples. Além disso, as suas baterias são muito potentes: o KUKA omniMove opera incansavelmente por 48 horas sem recarregar as baterias. A simplicidade do manuseio, a flexibilidade, bem como a precisão do dispositivo, convenceu a equipe que opera as plataformas KUKA omniMove na Airbus.

Outro potencial de automação na produção de aviões

"Hoje possuímos onze plantas de produção na Europa e a nossa cadeia de fornecimento se estende ao redor do mundo", diz Dr. Kai Brüggemann, Diretor da Fábrica da Airbus em Hamburgo. Na instalação de produção em Hamburgo, que é do tamanho de uma cidade e se estende ao longo do Rio Elbe, em Finkenwerder, vários tipos de avião passam por diferentes estágios de montagem e fases de teste. A toda hora peças são transportadas para dentro e novamente para fora da planta.

Assim, a logística e o transporte de peças se tornaram uma parte importante do processo de fabricação nos diferentes estágios de montagem. Por isso, o uso das plataformas KUKA omniMove deve ser apenas o início da automação de fabricação na Airbus.

Eu espero poder implementar ainda outros produtos KUKA aqui no nosso hangar – isto é, produtos padrão KUKA e não produtos específicos para a técnica de aviação.

Dr. Kai Brüggemann, Diretor de Fábrica da Airbus em Hamburgo

Implementar tecnologias altamente modernas na fabricação

O sucesso da Airbus baseia-se em inovação e na implementação de tecnologias altamente modernas na fabricação. "Procuramos por soluções apropriadas também em outros ramos, principalmente no setor automotivo". O Dr. Brüggemann está convicto que a sua empresa pode transferir muitas soluções da indústria automotiva para as instalações de fabricação da Airbus: "Aqui em Hamburgo temos uma linha de produção que está em constante movimento e que é única na tecnologia da aviação."

Já no início do próximo ano a Airbus implementará uma outra linha de produção totalmente automatizada para um novo modelo de avião. A KUKA é parceira do consórcio que fornecerá esta solução para o futuro. "Está na hora de introduzir processos automatizados por robôs também na tecnologia da aviação. Em breve fecharemos esta lacuna ainda existente com a indústria automotiva", prevê o Dr. Brüggemann.

Nós utilizamos cookies para oferecer a você o melhor serviço online. Saiba mais.

Ok