Automatizado, preciso e rápido: Pick-and-Place com robôs KUKA

25 robôs KUKA trabalham em três injetoras na Possehl Electronics. Assim eles apoiam a fabricação de caixas de comandos para a direção elétrica em automóveis.

Microeletrônica: Máxima precisão através da automação baseada em robô

Veja no vídeo, como 25 robôs KUKA trabalham em perfeita harmonia em três linhas de produção.

Na fábrica Possehl Electronics em Niefern, um total de 25 robôs KUKA inserem peças estampadas em máquinas injetoras com precisão de 0,1 milímetros – em tempos de ciclo extremamente curtos. A Possehl desenvolveu a automação baseada em robô junto com o Grupo FPT, um parceiro de sistema KUKA de muitos anos.

Os 25 robôs KUKA realizam o seu trabalho de forma segura e precisa em três linhas de produção. O processo de produção é semelhante em todas as três linhas: "Bandejas equipadas com Leadframes são fornecidas em pilhas a uma célula de robô através de uma esteira transportadora", explica Robert Tesch, responsável pelo departamento Engenharia Industrial para a tecnologia de estampagem, injeção e automação na Possehl.

Funções de manuseio com vários robôs

Um robô KUKA do tipo KR 5 arc retira a primeira bandeja e a coloca no apoio. Um robô de preparação do tipo KR 6 R900 sixx coloca o Leadframe na forma inferior de estampagem em uma mesa indexadora giratória com quatro ferramentas de estampagem. Elas separam os pinos de conector de veículo do Leadframe. Quatro robôs de pequeno porte KUKA da série KR AGILUS retiram respectivamente seis conectores de veículo, cinco pinos de sensor e dois pinos de conector da bateria das ferramentas de estampagem e os colocam em corrediças de transferência. A equipagem da injetora ocorre por meio de um robô KUKA da faixa de média capacidade de carga. Ele retira as peças brutas preparadas de quatro em quatro com a sua garra especial da corrediça de transferência e as coloca na ferramenta. Lá surgem componentes técnicos de plástico. Um robô de pequeno porte KUKA busca as caixas de comando prontas em uma estação de transferência.

O elemento central do sistema: três KR AGILUS inserem os componentes de forma precisa na máquina injetora.

A solução contribuiu substancialmente para o aumento da produtividade. Baseado nas boas experiências continuaremos a usar robôs de seis eixos da KUKA, e reutilizaremos os atuais em uso também para gerações subsequentes

Robert Tesch, Gerente do departamento de Engenharia Industrial para a tecnologia de estampagem, injeção e automação na Possehl Electronics

Nós utilizamos cookies para oferecer a você o melhor serviço online. Saiba mais.

Ok