Robôs de construção leve auxiliam trabalhadores em processos de colagem

A Dürr utiliza dois robôs LBR iiwa sensitivos da KUKA na montagem final. Sem cerca de proteção eles assumem trabalhos essenciais na aplicação de cordões de cola. Isso aumenta a qualidade, economiza tempo e reduz os custos unitários.

O homem e o robô trabalham juntos na montagem final na Dürr, sem dispositivos de proteção de separação. Tanto para a colagem da capa da antena como também para a colagem de tanques na carroceria são utilizados os robôs de construção leve sensitivos LBR iiwa da KUKA. As soluções aumentam a qualidade do resultado de colagem, economizam tempo e reduzem os custos unitários.

O LBR iiwa detecta qualquer falha na inserção da capa da antena GPS

Na colagem da capa da antena GPS, o operário coloca a peça manualmente na garra do robô, que a aspira e a leva ao bico de colagem na torre de aplicação. O LBR iiwa aproxima a capa da antena GPS cuidadosamente por baixo até o bico de colagem. Caso ele atinja um obstáculo ele recua um pouco, graças à sua capacidade de detecção de colisão e começa o movimento novamente do início. Somente depois de três tentativas ele retorna à sua posição inicial. Caso contrário, o processo de colagem é iniciado e o cordão de cola é aplicado cuidadosamente, enquanto o robô percorre a trajetória. Em seguida, o operário retira novamente a capa da antena GPS do ponto de partida e a instala no veículo.    
A garra do LBR iiwa aspira a peça e a leva ao bico de colagem na torre de aplicação.
Veja no vídeo como dois KUKA LBR iiwa apoiam o operário de forma precisa e segura na colagem na montagem final.

Cordão de cola preciso graças ao sétimo eixo do LBR iiwa

Para a colagem automatizada do tanque na montagem final, o trabalhador qualificado leva o tanque a uma mesa giratória, com a ajuda de um manipulador. Lá ele o limpa, coloca-o na posição correta e o encaminha ao robô para a continuidade de processamento. Quando for atingido o ponto de partida no tanque estacionário, o bico abre sob pressão. Assim não surgem bolhas de ar. Agora o robô aplica o cordão de cola com grande igualdade no tanque. Sensores na cabeça de aplicação monitoram a altura apropriada do cordão. O LBR iiwa cola, graças ao seu sétimo eixo que gira junto, sem reorientação em um raio de 360 graus – sem ter que abaixar. Tão logo o LBR iiwa esteja pronto, o trabalhador coloca o tanque na posição especificada na carroceria do veículo.


Apesar de ser possível aplicar o cordão de cola manualmente, isso nunca se aproximaria da precisão de um robô.

Dieter Ahlborn, Director APT/Gluing Final Assembly, Dürr Systems AG

Soluções CHR como mercado do futuro

A Dürr já vendeu dez instalações na área de colagem. Por isso o construtor de instalações e máquinas olha com otimismo para o futuro. Ele já está trabalhando em soluções CHR para a colagem baseada em robô de pequenas arruelas e outros componentes.

Nós utilizamos cookies para oferecer a você o melhor serviço online. Saiba mais.

Ok