A solução CHR auxilia os funcionários na garantia de qualidade

A empresa MRK-Systeme GmbH se especializou em soluções industriais com cooperação entre homem e robô. Para o Grupo BMW, a empresa desenvolveu uma solução de automação habilitada para CHR com robôs KUKA da série KR QUANTEC para a garantia de qualidade das carcaças do virabrequim.

Colaboração homem-robô para controle de qualidade das carcaças de virabrequins

A fábrica de Landshut do Grupo BMW possui uma das fundições de metal leve mais modernas do mundo. Sejam motores de três, quatro ou seis cilindros, as carcaças de virabrequins para todos os modelos da BMW são fabricadas aqui. O controle de qualidade da carcaça do virabrequim não pode ser totalmente automatizado pois necessita do olhar treinado dos funcionários. A escolha foi por uma unidade em que pessoas e robôs pudessem trabalhar juntos. A empresa MRK-Systeme ficou responsável pela implementação. “A colaboração homem-robô garante um alívio ergonômico para os funcionários da BMW”, explica Michael Mohre, responsável pela área de operações da MRK-Systeme GmbH. Há um ano e meio, a linha de produção em Landshut conta com duas aplicações idênticas, cada uma com um robô KUKA da série KR QUANTEC e tipo KR 210 R2900 prime K - a versão de console. Cada funcionário controla por joystick os movimentos do robô para inspecionar se há falhas na peça em uma posição confortável.  

Operação do robô oferece suporte ao processo de inspeção

Por uma esteira transportadora, todas as carcaças de virabrequins produzidas são transportadas para a área de trabalho. Dependendo do tipo de construção, a unidade de comando do robô sobreposta escolhe o respectivo programa para a operação de movimento do robô. O operador controla os movimentos do robô por um joystick. O robô se movimenta em um trajeto predefinido até as carcaças, fecha a garra e repassa o componente para o operador, que inspeciona a carcaça do virabrequim com uma lâmpada dicróica. Enquanto isso, o robô suporta o componente com quase 30 kg em segurança a uma altura ideal para o funcionário. Quando o operador finalizar o processo de inspeção, ele desloca o robô e a carcaça de volta para a esteira e os coloca sobre ela. O procedimento de inspeção interativa é encerrado com um botão. Com isso, o funcionário documenta se o componente está “ok” ou “não ok”.
Procedimento de inspeção ideal das carcaças de virabrequins pelos robôs KUKA do tipo KR 210 R2900 na fábrica do Grupo BMW em Landshut.

O feedback foi bastante positivo. Os tempos de ciclo podem ser mantidos e o trabalho para os funcionários ficou mais agradável.

Michael Mohre, gerente de operações, MRK-Systeme GmbH

Expansão planejada das unidades de produção existentes

Ambas as unidades estão em operação desde o ano de 2015. Enquanto isso, Mohre e seus colegas se concentram em uma expansão da unidades. No futuro, devem ser construídos outros dois locais de inspeção de qualidade.

Nós utilizamos cookies para oferecer a você o melhor serviço online. Saiba mais.

Ok