Escolha a sua localização:

País

A arte da fabricação de cerveja em nível máximo: Paletização de engradados de cerveja

Pequena, mas de primeira - é o lema da Privatbrauerei Christian Fiedler do vilarejo de Oberscheibe na Saxônia. Com 18 colaboradores a empresa familiar produz cervejas premium de forma bem-sucedida, segundo a tradicional arte da cervejaria alemã. Um robô KUKA paletiza os pesados engradados de cerveja, facilitando o trabalho.


Inovadora cadeia de agregação de valor de cerveja com automação consistente

"O sábio vai à frente do tempo. O inteligente segue o seu caminho. O astuto o faz render. O tolo se opõe a ele." Este dizer, envolto em plástico, encontra-se embaixo do enunciado "Ditado da semana", no acesso à Privatbrauerei Christian Fiedler. Até parece que o tempo parou no tranquilo vilarejo de Oberscheibe no Erzgebirge, na Saxônia. A cervejaria está instalada em uma construção rústica do século passado, em meio a muita natureza. Seria no meio do nada, se lá não existisse a estrada nacional B101, que liga Berlim a Aue, e se lá não existisse a pequena e exuberante cervejaria da família Fiedler.

Ligada à tradição e focada no futuro

Christian Fiedler, 63, é o chefe sênior. Um mestre cervejeiro da velha guarda, para o qual o que importa é uma cerveja de ponta da arte da cervejaria alemã: Vinculação à pátria, manufatura honesta e tradicional, bem como o apoio através de moderníssimos recursos para atender as mais elevadas expectativas da qualidade. No acesso ao pátio interno está estacionada uma pequena escavadeira. É necessário substituir o calçamento de acesso à cervejaria. "Sempre há algo a fazer", diz Christian Fiedler. "Mas não apenas aqui. Ali está a nossa mais nova joia", diz ele, e aponta para o sistema de paletização robotizado no acesso ao sistema de envase. 
Die Privatbrauerei Fiedler im Erzgebirge
A Privatbrauerei Fiedler no Erzgebirge

O KR QUANTEC alivia os colaboradores no empilhamento de engradados de cerveja

Um robô KUKA de 5 eixos KR 180 PA da série QUANTEC com seus braços verde-Fiedler, carrega e descarrega camadas completas de engradados de cerveja, como vasilhames cheios e também vazios, na entrada e saída de produtos. Isso não apenas nos proporciona um grande alívio em trabalhos fisicamente pesados, mas, ao mesmo tempo, nos dá novas possibilidades de colocar nossos colaboradores em outras atividades melhores e menos desgastantes." Em tempos da crescente falta de mão-de-obra no âmbito da cervejaria, isso é muito bem-vindo. "Glück auf!" (boa sorte!) como se saúda aqui na boa tradição dos mineiros. "A sorte pertence aos diligentes", segundo Christian Fiedler.
Christian Fiedler é o chefe sênior, um mestre cervejeiro da velha guarda

No curso da automação

Na cervejaria e na indústria de bebidas em geral, "manter-se atualizado" sempre é sinônimo de automação. Till Beyer e a Beyer Maschinenbau GmbH de Roßwein são especializados nisso. Assim como a Fiedler, uma empresa familiar cujas raízes remontam ao ano de 1862. A tecnologia de paletização, embalagem e transporte, bem como sistemas completos, com foco na tecnologia de bebidas e na área de alimentos, são construídos na própria empresa como soluções sob medida e, se necessário, também fornecidos com robótica integrada e colocados em funcionamento e assessorados com assistência técnica.

Till Beyer, CEO da Beyer Maschinenbau GmbH, especializada em automação na indústria de bebidas

Antes tarde do que nunca 

"Já em 2005 tivemos as primeiras conversas sobre a paletização automatizada de garrafas com a Fiedler", lembra Till Beyer. Contudo, a empresa teve outras questões e colocou o investimento na instalação de paletização em segundo plano. "Isso é comum em empresas de médio porte. E nós, como construtores e integradores de máquinas, temos que ter um pouco mais de paciência." E em 2018 aconteceu: de agora em diante o robô deveria assumir a paletização e despaletização fisicamente exigente na Fiedler. 

Um KR QUANTEC PA assume a paletização dos pesados engradados de cerveja e alivia assim os colaboradores

Compacto, forte e incansável 

A tecnologia para isso é fornecida por um KUKA KR QUANTEC PA de 5 eixos – um multitalento em design modular. Este pode movimentar cargas de até 180 quilogramas. Na Fiedler o robô apanha simultaneamente até quatro engradados de cerveja com a sua garra. Ele ergue os vasilhames vazios entrantes do palete para o sistema de transporte e os engradados de bebidas provenientes do envase diretamente do transportador de roletes para o palete. Assim, 800 garrafas em 40 engradados encontram espaço em um europalete, que é transportado da instalação de paletização com uma empilhadeira ao estoque de saída ou diretamente para o caminhão.

Investir no futuro

As soluções de automação são o tema preferido de Thomas Fiedler, o filho de Christian Fiedler. O mestre cervejeiro representa a quinta geração e ingressou na empresa familiar em 1999. Desde então ele trata de forma particularmente intensa todas as questões de natureza técnica. "Sabemos que temos que investir continuamente para nos mantermos na tecnologia de ponta", diz Thomas Fiedler. Assim como no uso de robôs, para ele isso significa, entender de forma completa a solução almejada e então também realizá-la de forma consequente e como pacote completo.
O mestre cervejeiro Thomas Fiedler alia a arte da cervejaria tradicional segundo os requisitos de pureza com a coragem de realizar inovações

A automação é empolgante

"As coisas feitas pela metade não fazem parte de mim." Muitas empresas de médio porte do seu ramo ainda têm medo da automação. "De forma alguma isso precisa ser assim. A automação é empolgante." Com Till Beyer ele teve um excelente companheiro de treinamento, que sabe exatamente o que acontece na indústria de bebidas – e que também conseguia se imaginar nas respectivas circunstâncias locais e de espaço.
Na indústria de bebidas a automação é "aprendida", assim como aqui no sistema de envase. Nesse caso, também o uso da robótica se torna fácil

Otimização das capacidades disponíveis

E é exatamente isso que era especialmente necessário entre as paredes históricas da cervejaria Fiedler. "Estamos no limite com as capacidades de espaço na nossa localidade. Por isso, expansões aqui somente são possíveis através de uma otimização do espaço disponível", explica Thomas Fiedler. 
E assim a integração da célula de robô também exigiu um trabalho personalizado dispendioso. "Para a instalação de paletização estavam à nossa disposição apenas 4x5 metros – e precisávamos de mais espaço para passar à estação de envase, bem como também passar com europaletes pelo envoltório do robô", descreve o mestre cervejeiro as condições exigentes. "Conseguimos fazê-lo", ele diz alegremente. 
 
O KR QUANTEC apanha europaletes e engradados de bebidas sem problemas e com excepcional precisão

A robótica na cervejaria não é uma ciência

Mas para o cervejeiro não se trata apenas da integração física do equipamento. A tecnologia de automação também deve poder ser integrada digitalmente da forma mais simples possível nos processos em andamento. "A base para isso é criada pelo software", relata Till Beyer. Como interface entre o robô e a unidade de comando da máquina, o KUKA.PLC mxAutomation permite uma colocação em funcionamento, programação e diagnóstico simples de cada robô KUKA através do PLC – amigável ao usuário, mesmo sem conhecimentos especiais de programação de robôs. Quase todas as funções das unidades de comando de robô podem ser acessadas via PLC, o KUKA.PLC mxAutomation oferece, além disso, bibliotecas de robô para todas as unidades de comando PLC conhecidas no mercado.
A unidade de comando do equipamento é muito amigável ao usuário graças ao KUKA.PLC mxAutomation. Os colaboradores da cervejaria não precisam de conhecimentos especiais de software para isso

Garantia da qualidade através de alta precisão de repetição

Pai e filho estão convencidos do curso de automação da cervejaria privada. "Ela cria a base para a alta qualidade constante das nossas cervejas premium. Aqui há mais futuro do que em uma disputa de preços ruinosa que, infelizmente, atingiu muitas áreas do mercado de cervejas", segundo Thomas Fiedler. E seu pai Christian ainda se entusiasma muito com as inovações no que se refere ao processo de fabricação de cerveja: "Quando entro de manhã cedo na cervejaria é empolgante ouvir os diferentes ruídos em todos os cantos", diz ele com uma piscada de olhos. "Da sala de brassagem, passando pelo sistema de envase automatizado, até o robô de paletização – tudo contribui com uma alta qualidade constante e uniforme das nossas cervejas. Isso nos destaca e, no final, também faz a diferença na concorrência. A nossa cerveja simplesmente deve ser gostosa. Ponto. Aqui não fazemos concessões."
Na Fiedler o robô apanha simultaneamente até quatro engradados de cerveja com a sua garra

O curso também será mantido na próxima geração

No final de 2022, Christian Fiedler deseja colocar as atividades da cervejaria totalmente nas mãos do seu filho Thomas. Ele está altamente motivado. "Na próxima etapa modernizaremos o enchimento de barris." A demanda é grande. Que isso continue assim. Pois a sua filha Vanessa está concluindo a sua formação como mestre cervejeira – com isso a sexta geração já está na linha de partida. Parece que a história da empresa tradicional Fiedler no Erzgebirge ainda está longe de ser concluída. Então: Glück auf! (boa sorte!)

A automação cria a base para a alta qualidade constante das nossas cervejas premium. Aqui há mais futuro do que em uma disputa de preços ruinosa que, infelizmente, atingiu muitas áreas do mercado de cervejas.

Thomas Fiedler, mestre cervejeiro na Privatbrauerei Christian Fiedler

Encontre um System Partner KUKA perto de você

Encontre aqui o parceiro apropriado para o seu ramo ou para a sua demanda.

Nós usamos cookies

Este site utiliza cookies (mais sobre isso), para lhe oferecer também o melhor serviço online. Se você continuar a usar o nosso site, somente usaremos cookies tecnicamente necessários. Se você clicar em ""OK e descubra a KUKA"", você também concordará com o uso de cookies de marketing. Com um clique em ""Configurações de cookies"" você pode escolher, quais cookies nós usamos.

Configurações de cookies